Logo mais, depois do almoço, parto para a fazenda da minha família. Freqüento a fazenda desde que eu nasci. Atualmente, vou lá com uma freqüência irregular, mas quando vou, adoro!

Mês passado estive lá e tirei algumas fotos.

Memória: quadros na parede do escritório.

Newborn: os filhos mais novos da fazenda.

Trabalhador: o verdadeiro sertanejo tem olhos azuis.

Maiara, a filha do vaqueiro (que pode ser visto ao fundo): catando acerolas.

O quartinho: quando meu avô se mudou para a fazenda,

os banheiros ainda eram externos à casa.

A ruína do banheiro da casa principal.

Vira-latas: a nossa cadelinha, Magali.

Vista da varanda da casa da fazenda, numa interpretação meio impressionista.

Tijolinhos e chapa: a parede do galinheiro.

Bush: o rufião da fazenda.

One Response so far.

  1. Marcela says:

    Fotos belíssimas!